Como fazer um Plano de Negócios e Abrir uma Empresa com Segurança?

A falta de um Plano de Negócios é o principal motivo por que empresas novas fecham antes dos dois primeiros anos de operação, resultando na falta de um planejamento correto, no momento de abrir uma empresa (ou startup), tanto das Vendas, como dos Custos e do Fluxo de Caixa projetado para a operação.

O Plano de Negócios é um documento desenvolvido em conjunto com o empreendedor, colocando todas as suas ideias no papel, analisando se a ideia é viável como um negócio ANTES do empreendedor abrir uma empresa e acabar fazendo um mal investimento.

Conheça mais de minha Consultoria Empresarial para Plano de Negócios em http://www.cesarnc.com.br/plano-de-negocio.html

O Plano de Marketing do Plano de Negócios

Na primeira parte do Plano de Negócios, desenvolvemos o “Plano de Marketing” do empreendedor. Isto é, como ele planeja entrar no mercado que deseja, quais os clientes alvos que ele vai buscar, como seus produtos e serviços serão entregues (proposta de valor), etc. Uma ferramenta muito boa para colocar a ideia no papel é o Modelo de Negócios Canvas (ou Canvas Business Model). 

Com o Canvas, são desenvolvidos nove principais blocos que abrangem a quase totalidade do que o empreendedor precisará pensar e realizar para criar uma empresa. 

O Canvas do Plano de Negócios

  • Segmentos de Clientes

Neste bloco, o empreendedor pensa nos nichos específicos de clientes que irá atingir. Define segmentação (quando aplicável) por gênero, idade, poder aquisitivo, localização, gostos, desgostos, medos, aversões, expectativas de ganhos, necessidades dos clientes e assim por diante. Cada negócio tem segmentos de clientes (um ou mais de um) que serão os principais, sobre os quais a empresa terá que jogar o máximo de esforços.

  • Oferta de Valor

Na Oferta de Valor, pensamos não apenas nos “produtos” ou “serviços” que a startup irá fornecer, mas todos os BENEFÍCIOS e DIFERENCIAIS que a empresa entregará. Atualmente os consumidores esperam uma “experiência” muito mais do que apenas um produto. 

  • Canais de Vendas

O pensamento aqui é principalmente “quais os canais de vendas, pelos quais os seus clientes querem ser atingidos”. O comportamento de compra das pessoas mudou. Google, redes sociais, pedidos de recomendação e compra por impulso estão entre as principais ferramentas utilizadas pelas pessoas para buscar algo de que necessitam ou que desejam.

  • Relacionamento com Clientes

Como você irá se relacionar com os Segmentos de Clientes através dos Canais de Vendas acima para entregar sua Oferta de Valor? Os clientes precisam ser impactados com um chamado de atenção, um despertar de seu interesse, um despertar do desejo de comprar de você e, finalmente, precisam tomar uma AÇÃO, isto é, te liga, te contratar, comprar de sua empresa. 

  • Recursos-chaves

De que estrutura sua empresa nova irá precisar para atender todos os itens acima? Recursos financeiros, recursos humanos, máquinas, decoração, website. Tudo deve ser pensado. 

  • Atividades-chaves

Que atividades a empresa terá de desempenhar para entregar os produtos ou serviços aos clientes? Compras, vendas, pedidos, separação, faturamento, cobrança, entrega, pós-venda. Estas atividades estão diretamente ligadas à satisfação dos clientes. 

  • Alianças Estratégicas

Com quais empresas você poderia formar alianças que beneficiem a todos? Parcerias com fornecedores, concorrentes, joint-venture, há várias possibilidades. 

  • Receitas

Qual o modelo de receitas do negócio? Vende e recebe? Receita recorrente (como assinaturas)? Qual o modelo de precificação a empresa irá utilizar? Mark-up? Preço baseado em Valor?

  • Custos

O correto dimensionamento dos Custos Fixos e Custos Variáveis de um negócio é fundamental para garantir o sucesso da empresa. Igualmente, se estuda o Ponto de Equilíbrio (faturamento mínimo para a empresa não ter prejuízo) e a Margem de Contribuição, que é o quanto as vendas deixam de dinheiro para o pagamento das Despesas Fixas e para deixarem LUCRO.

O Planejamento Financeiro

Com o plano de marketing em mãos, o Plano de Negócios necessita agora de um planejamento Financeiro. Neste estudo, as finanças da empresa são projetadas mês a mês por pelo menos 5 anos. Assim, consegue-se uma ótima percepção de como o Plano de Negócios mostra a viabilidade do negócio, qual o investimento necessário, capital de giro, projeção de Fluxo de Caixa e, por fim, o Valor do negócio (para negociação com possíveis investidores).

Importância de um Consultor Empresarial

Avalie se você precisará de um consultor para te auxiliar no desenvolvimento de seu Plano de Negócios. Eu, pessoalmente, já ajudei dezenas de empreendedores a desenvolverem seus Planos de Negócios, a abrir suas empresas e até em como administrar a empresa, depois de aberta. Um apoio de um profissional voltado à área de Gestão complementa todo o seu conhecimento técnico sobre sua empresa e te mostra os melhores caminhos, baseadas em experiências boas e até nas ruins!

Conheça mais sobre nosso trabalho em www.cesarnc.com.br ou entre em contato diretamente pelo WhatsApp (19) 9 7172 1900 (Campinas – SP).

Te espero. um abraço!

César NC Consultor Financeiro
Compartilhe: